aproximar você da justiça

         

 

 

Uma melhor experiência de acesso à justiça, usando a automação a seu favor para que você não tenha de suportar mais violações, afinal, defender seus direitos não pode ser uma experiência pior do que ter de aceitar ilegalidades calado!

Pessoas na rua

 

Conheça a proposta do Alina.app!

Abaixo estão as perguntas mais comuns que você pode ter ao acessar à Justiça por aqui:

O que é o Alina.app?

É um escritório 100% digital em que a tecnologia é usada ao seu favor. Aqui você é atendido de acordo com a sua comodidade e melhor conveniência sem perder o contato humano. Interage com a advogada responsável pela solução de seu problema, sem papel (você assinará tudo eletronicamente)  e sem a necessidade de se deslocar para o escritório físico.

 

Quanto pago à advogada para acessar a Justiça pelo Alina.app?

O pagamento ocorre ao final do processo no percentual de 35% (trinta e cinco por cento) sobre tudo o que você receber (indenizações, devoluções de valores, devoluções em dobro e condenações em dinheiro a seu favor).

E se eu não receber nada no processo?

Não pagará nada também.

A Justiça me cobra alguma taxa para entrar com ação?

Não. A proposta do Alina.app é acessar à Justiça da forma mais simples e ágil, diminuindo os custos e facilitando a resolução de seus problemas em ações que vão para o Juizado Especial, que é isento de taxas até a sentença. Alina.app não recorrerá da sentença a não ser que você queira, e neste caso será informado a você o valor da taxa para recorrer, sem surpresas.

 

Corro o risco de ser condenado a pagar algum valor?

Não. Desde que você não falte à audiência que for marcada, caso contrário poderá receber uma multa pela ausência. Isso se aplica inclusive às audiências virtuais que substituíram as presenciais neste momento de pandemia e nos juízos 100% digitais. Se você faltar com a boa-fé e a lealdade no processo também poderá sofrer a aplicação de uma multa pelo juiz.

Quais são as minhas responsabilidades?

Contar o seu problema e enviar os documentos conforme as instruções e o autoatendimento da página, comparecer às audiências designadas e manter seus meios de contato atualizados.

E as responsabilidades da advogada?

Analisar os documentos enviados, entrar em contato contigo, manter o sigilo de sua causa e dados, te manter informado e ingressar com a ação, acompanhando até a sentença ou recurso se você assim desejar, sacar os valores que a Justiça determinar e depositar na conta que você indicar para pagamento, retirando os 35% que representam a remuneração pelo trabalho aqui desenvolvido.

O escritório é digital, mas e a Justiça, é 100% digital?

Desde 2016 o Tribunal de Justiça de São Paulo só recebe ações digitais. As audiências continuaram presenciais. Com a pandemia em 2020 o Judiciário começou a realizar audiências na modalidade virtual (videoconferência). Em 06 de outubro de 2020 o Conselho Nacional de Justiça autorizou a implantação da Justiça 100% digital, o que significa dizer que os processos, além de digitais, serão conduzidos remotamente pela Justiça e as audiências com as partes também.

E na cidade onde eu moro, a Justiça é digital?

Quer saber se na sua localidade será assim? Me envie uma pergunta (clique para falar no WhatsApp)! 

Já sei que na minha localidade a Justiça não está totalmente digital, consigo usar o Alina.app?

Somente se o valor da sua causa for até 20 salários mínimos, quando não é obrigatória a presença da advogada na audiência, conforme o que determina da Lei dos Juizados Especiais. Neste caso você receberá toda a orientação para fazer a audiência e por conta da pandemia pode ser que seja, mesmo assim, por videoconferência.

Resido no exterior mas tenho domicílio no Brasil, posso entrar com ação?

A princípio sim, desde que o lugar em que ingressar com a ação esteja com o juízo 100% digital e que você comprove seu domicílio no Brasil e que a audiência seja por videoconferência (não presencial).

Quer ter certeza? Me envie uma pergunta (clique para falar no WhatsApp)!

Consigo entrar com qualquer tipo de ação no Alina.app?

Não. É preciso se enquadrar em algum dos tipos pré-selecionados no painel INICIAL, porque ali já foram criadas as automações para possibilitar o seu autoatendimento, mas se você precisar ser atendido fora deste fluxo, clique aqui.

O Juizado possui algum limite de valor?

Sim. Até 40 (quarenta) salários mínimos. Se sua ação passar deste valor, ou você renuncia a este limite ou terá de ingressar na Justiça Comum, fora do Alina.app, e o caso será analisado.

Posso entrar com a ação junto com outra pessoa?

Sim, desde que os pedidos sejam direcionados contra o mesmo réu. Neste caso uma pessoa completa o autoatendimento e na hora de enviar os documentos, envia dos dois para que sejam gerados o contrato e procuração nos nomes de vocês.